Israel declara Lula ‘persona non grata’ após comparação com holocausto

O ministro das Relações Exteriores divulgou a informação
Redação PI24h Redação PI24h
  • A sanção ocorre após falas de Lula na Etiópia
  • Presidente citou o holocausto como comparativo
  • Israel afirma que a guerra na Faixa da Gaza é justa

As falas do presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre Israel começam a ter uma maior repercussão nesta segunda-feira (19). Um dia após o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu afirmar que vai convocar o embaixador brasileiro para uma “dura conversa de repreensão”, o mandatário brasileiro foi declarado uma “persona non grata” nesta segunda-feira (19).

“Não perdoaremos e não esqueceremos – em meu nome e em nome dos cidadãos de Israel, informei ao Presidente Lula que ele é uma ‘persona non grata’ em Israel até que ele peça desculpas e se retrate”, escreveu em suas redes sociais o ministro das Relações Exteriores de Israel, Israel Katz.

O termo é um instrumento jurídico utilizado em relações internacionais para indicar que um representante oficial estrangeiro não é mais bem-vindo naquele país. O termo foi descrito no artigo 9 da Convenção de Viena sobre relações diplomáticas.

Katz afirmou também que “a comparação do presidente brasileiro Lula entre a guerra justa de Israel contra o Hamas e as ações de Hitler e dos nazistas, que exterminaram 6 milhões de judeus, é um grava ataque antissemita que profana a memória daqueles que morreram no Holocausto”.

No final de semana, durante entrevistas em Addis Abeba, capital da Etiópia, Lula classificou como “genocídio” e chacina” a resposta de Israel na Faixa de Gaza. Ele comparou a ação israelense ao holocausto.

“O que está acontecendo na Faixa de Gaza e com o povo palestino não existe em nenhum outro momento histórico. Aliás, existiu: quando o Hitler resolveu matar os judeus”, disse Lula.

As falas aconteceram após as reuniões da 37ª Cúpula da União Africana.

Compartilhar
Siga:
Criado em 2019, o pi24h é um portal de notícias com sede em Teresina que tem o compromisso de atualização 24h por dia com qualidade e relevância social com notícias do Piauí, Teresina, Brasil e Mundo.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias