Luciano aponta “quebra de acordo” ao romper com Silvio

PSDB mantém pré-candidaturas a prefeito independente do Progressistas, União Brasil e PL
Redação PI24h Redação PI24h

O presidente estadual do PSDB, Luciano Nunes, afirmou nesta segunda-feira, dia 30, que houve uma quebra de acordo quando Silvio Mendes (União Brasil) anunciou sua pré-candidatura a prefeito de Teresina pelo grupo de oposição que ainda tem o Progressistas e o PL.

“O que houve foi uma quebra de acordo. O anúncio de uma pré-candidatura como se fosse da oposição. Uma autoproclamação, coisa que não existe. E uma desconsideração de qualquer eventual pré-candidatura. Isso inclui o senador João Vicente Claudino, que se filiou na semana passada ao PSDB e também colocou seu nome à disposição. Houve uma desqualificação das pré-candidaturas postas pelo PSDB”, disse Luciano Nunes.

Com o anúncio de Silvio Mendes, Luciano decidiu manter a sua pré-candidatura a prefeito da capital e rompeu com o grupo dos demais partidos que formam o bloco de oposição ao Palácio da Cidade.

“Diante desse fato, estive ainda na semana passada com o presidente do União Brasil, Marcos Elvas, e com o presidente do Progressistas, Joel, também por telefone falei com o Fabrício, presidente do PL, e comuniquei a nossa posição, do PSDB, de manter a nossa pré-candidatura a prefeito de Teresina independentemente dos demais partidos”, disse Luciano Nunes.

Compartilhar
Siga:
Criado em 2019, o pi24h é um portal de notícias com sede em Teresina que tem o compromisso de atualização 24h por dia com qualidade e relevância social com notícias do Piauí, Teresina, Brasil e Mundo.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias