Importunação

Preso suspeito do latrocínio de galerista americano no Rio

O suspeito foi preso em um posto de gasolina, entre Uberaba e Uberlândia, em Minas Gerais
Agência Brasil Agência Brasil
  • Brent Sikkema foi morto dentro de casa no Jardim Botânico, zona sul do Rio
  • O suspeito foi preso em um posto de gasolina no interior de Minas Gerais
  • Os agentes coletaram informações em câmeras de segurança no Rio

A Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) prendeu, nesta quinta-feira, dia 18, o suspeito de latrocínio do galerista americano Brent Sikkema. Ele foi localizado em um posto de gasolina, entre as cidades de Uberaba e Uberlândia, em Minas Gerais. Contra o acusado foi cumprido um mandado de prisão temporária.

O corpo da vítima, que era sócio de uma galeria de arte nos Estados Unidos, foi localizado dentro de sua residência, no bairro Jardim Botânico, zona sul do Rio, na última segunda-feira, dia 15.

Durante a investigação, a DHC realizou intenso trabalho de inteligência e monitoramento e identificou o autor. Os agentes coletaram informações e analisaram imagens de câmeras de segurança.

Os policiais identificaram que o homem estava em São Paulo antes de cometer o crime. Foi para aquele estado que ele voltou após o assassinato. A partir daí, passou a se deslocar, sendo capturado no dia de hoje pela DHC.

A ação contou com apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Polícia Civil de São Paulo.

Compartilhar
Siga:
A Agência Brasil é uma agência de notícias brasileira gerida pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Foi criada durante o governo de Fernando Collor em substituição à extinta Empresa Brasileira de Notícias, que por sua vez era continuidade da Agência Nacional, criada por Getúlio Vargas.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias