Importunação

Gerente de loja é morta por homem que teve emprego negado na PB

A polícia apreendeu o revólver .38 usado no crime no shopping em João Pessoa
Redação PI24h Redação PI24h
  • Mayara Valéria morreu após ter sido baleada com dois tiros em um shopping em João Pessoa
  • O suspeito foi preso - ele alegou que a mulher não respondeu a uma entrevista de emprego
  • O suspeito planejou durante a semana a ação no shopping na Paraíba

A gerente de um restaurante identificada como Mayara Valéria Barros, 37, morreu após ter sido baleada com dois tiros enquanto trabalhava na tarde desta sexta-feira, dia 12, no Mangabeira Shopping, em João Pessoa, na capital da Paraíba. O suspeito do crime foi identificado como Luiz Carlos Rodrigues dos Santos.

Luiz Carlos chegou a fazer reféns no restaurante, mas se entregou após negociação com a Polícia Militar. Ela recebeu os primeiros atendimentos na enfermaria do shopping, mas não resistiu aos ferimentos e morreu em João Pessoa.

O suspeito disse que o crime teve motivação pessoal, após ter sido rejeitado em uma entrevista de emprego. “Segundo ele, a gerente tinha dito que com uma semana ele receberia a resposta. Foi passando o tempo e aí ele tentando ligar para ela e ela não atendia. Ninguém dava uma resposta. Se ele tinha sido aprovado ou não”, explicou o coronel Marcos Benevides.

O policial relatou que o Luiz Carlos disse que se sentiu discriminado por ser pobre. “Ele diz que está desempregado, está sendo despejado daqui. Casa onde ele paga o aluguel, não tem a menor condição, e se sentiu discriminado por não ter uma resposta. E hoje, quando ele acordou, ele se sentiu diferente com aquele desejo de matar a mulher, a gerente. Quem conversou com ele viu que ele não estava em sã consciência. O que ele falava era algo assim de alguém que não estava normal”, disse.

O suspeito planejou durante a semana a ação no shopping, afirmou o delegado André Macedo. O suspeito vai responder por homicídio, tentativa de homicídio contra policiais, homicídio qualificado por motivo fútil e ainda há análise para colocar outras qualificadoras pela Polícia Civil.

A polícia apreendeu o revólver .38 usado no crime, além de 38 munições intactas e seis deflagradas por Luiz Carlos.

Compartilhar
Siga:
Criado em 2019, o pi24h é um portal de notícias com sede em Teresina que tem o compromisso de atualização 24h por dia com qualidade e relevância social com notícias do Piauí, Teresina, Brasil e Mundo.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias