Importunação

Justiça obriga cantor Léo Magalhães a pagar Ferrari

Cantor disse que não pagar porque carro foi batido - informação omitida pela concessionária em Goiânia
Redação PI24h Redação PI24h
  • O veículo custou R$ 511 mil, montante que não foi pago mesmo após cobranças em Goiânia
  • Cantor diz que pagou cerca de 50% e que carro foi batido - informação omitida pela loja em Goiânia
  • Justiça mandou bloquear recebidos de plataformas de músicas - cabe recursos de Léo

O cantor sertanejo Léo Magalhães foi obrigado por decisão judicial a pagar uma Ferrari que ele comprou em Goiânia. O veículo custou R$ 511 mil, montante que não foi pago mesmo após cobranças feitas pela loja, segundo documentos do processo na Justiça.

Em nota, a assessoria do cantor informou que ele pagou cerca de 50% da Ferrari. Mas decidiu não pagar o restante após descobrir que o carro tinha sido batido antes da sua compra: “Dois messes após a compra em uma manutenção o cantor descobriu que o automóvel já havia sido batido”.

A assessoria diz que desde então o artista passou a negociar a devolução do bem, tendo em vista que a informação foi omitida pela loja de Goiânia. “Jamais achou que ia ser lesado de tal forma, então sustou os cheques restantes pois o proprietário se recusou a receber o veículo de volta”, diz a assessoria de Léo.

O carro foi comprado em 2014 e a concessionária processou o cantor cobrando o pagamento em 2018. Léo Magalhães foi condenado um ano depois, mas entrou com recurso na Justiça.

No dia 20 de novembro de 2023, nova decisão mandou que plataformas de músicas informem os valores de direitos autorais recebidos por Léo Magalhães para debitar da dívida com a loja de veículos de Goiânia.

O cantor disse que vai recorrer e “buscar em todas as estâncias que seus direitos como consumidor seja preservado e reconhecido” pela Justiça.

Compartilhar
Siga:
Criado em 2019, o pi24h é um portal de notícias com sede em Teresina que tem o compromisso de atualização 24h por dia com qualidade e relevância social com notícias do Piauí, Teresina, Brasil e Mundo.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias