Presos dois acusados de matar piauiense a tiros no Ceará

Luan Alves foi morto por engano em Meruoca, no interior do Ceará
Redação PI24h Redação PI24h
  • Luan Alves foi morto a tiros em Meruoca, no interior do Ceará
  • Os dois suspeitos foram presos em Sobral pelo crime em 2023
  • O jovem foi morto por engano após ser confundido no Ceará

Dois indivíduos foram presos acusados de matar a tiros o piauiense Luan Alves Oliveira Aragão, no município de Meruoca, no interior do Ceará. A dupla de 24 e 37 anos foi presa em Sobral, também no Ceará. O crime aconteceu em novembro de 2023.

Segundo as investigações, Luan Alves foi morto por engano após ser confundido com um desafeto dos acusados – ele era natural de Campo Maior, na região norte do Piauí.

Além de universitário, técnico em radiologia e servidor concursado do Hospital Regional Norte, em Sobral. E ainda era aluno do curso de Ciências Biológicas na Universidade Estadual Vale do Acaraú (Uva).

O caso foi investigado pela Delegacia Municipal de Massapê. As prisões foram efetuadas no cumprimento de mandado de prisão decretado pela Justiça.

O homem de 37 anos tem passagem por crimes contra incolumidade pública, extravio de documentos ou valores e por uso de drogas no Ceará. Os presos foram levados para a Delegacia de Sobral.

Compartilhar
Siga:
Criado em 2019, o pi24h é um portal de notícias com sede em Teresina que tem o compromisso de atualização 24h por dia com qualidade e relevância social com notícias do Piauí, Teresina, Brasil e Mundo.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias