Covid-19: 43 pacientes esperam por leito em hospitais de Teresina

Ananias Ribeiro Ananias Ribeiro

O presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Dr. Gilberto Albuquerque, afirmou na manhã desta quinta-feira, dia 11, que ao todo 43 pessoas infectadas com o novo coronavírus esperam por leito de internação – clínico e de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) – em Teresina.

“A fila de espera agora de manhã é em torno de 43 pessoas que estão aguardando leito clínico ou de UTI. A ocupação é de 100%”, disse Gilberto. “Ontem nós tínhamos 11 pacientes com plano de saúde, o plano atualizado, porém a rede privada não os recebe por falta de vaga”, completou o presidente da FMS.

Dr. Gilberto explicou que a Prefeitura instalou salas de estabilização avançada nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) para atender vítimas da Covid-19. “As UPAs não podem ter UTI. É uma sala de estabilização avançada. Isso é o que está permitido manter esses pacientes vivos até abrir leitos de UTI”, falou o representante da Prefeitura.

O gestor explicou que a capacidade de abertura de novos leitos está estrangulada e que é preciso respeito as regras de distanciamento e prevenção com uso de máscara e álcool em gel em Teresina.

“A rede pública estadual e municipal está no limite. A rede privada também se exauriu. Então o que a gente podia fazer para ofertar a população em termos de leito está sendo feito, porém a capacidade de expansão da doença está maior que a capacidade do público e do privado. A situação está dificílima. Agora cabe a população fazer a parte dela mais ainda”, completou Dr. Gilberto.

Compartilhar
Siga:
Jornalista e acadêmico de Direito. Editor do portal PI24h. Foi repórter do Portal AZ, 180 Graus e editor do Portal Meio Norte. Editor de política do Jornal Meio Norte. Apresentador e comentarista de política na Rede Meio Norte.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias