UTIs Covid-19: Taxa de mortalidade no HUT cai de 60% para 23%

Ananias Ribeiro Ananias Ribeiro

O Hospital de Urgência de Teresina (HUT) Prof. Zenon Rocha tem conseguido reduzir a taxa de mortalidade das UTIs Covid-19. Os números melhoraram com os avanços e aprendizados médicos.

“A evolução rápida das técnicas, incluindo melhor capacitação dos nossos profissionais da linha de frente e a reestruturação da rede hospitalar de Teresina ajudaram a taxa de letalidade cair de 60% para 23% nos leitos de UTI Covid do HUT”, aponta o médico Fábio Marcos, diretor geral do Hospital.

“A taxa ainda é alta, mas de fato é algo que me dá esperança, pois estamos reduzindo consideravelmente a mortalidade no decorrer do tempo, outra diminuição substancial importante é o tempo que o paciente fica na UTI, atualmente a média é de 12 dias, mas já foi de 21 dias no início da pandemia, girando os leitos com mais eficiência”, enfatizou Fábio Marcos.

Atualmente, o HUT possui 18 leitos destinados ao tratamento grave da Covid-19 e mesmo oscilando bastante a ocupação desses leitos, o Hospital consegue manter uma média aceitável e equilibrada girando em torno de 73% durante a semana.

Para manter esse equilíbrio, Fábio Marcos ressalta que a estruturação da rede hospitalar também foi um fator primordial, transformando a estrutura dos hospitais provisórios de campanha em leitos definitivos de UTI no Hospital do Monte Castelo, além de uma melhor retaguarda nos leitos clínicos do Hospital Mariano Castelo Branco, deixando um legado permanente para Teresina.

Compartilhar
Siga:
Jornalista e acadêmico de Direito. Editor do portal PI24h. Foi repórter do Portal AZ, 180 Graus e editor do Portal Meio Norte. Editor de política do Jornal Meio Norte. Apresentador e comentarista de política na Rede Meio Norte.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias