Cantor sertanejo é preso suspeito de matar dentista em SP

Bruna foi violentamente agredida e teve o corpo parcialmente carbonizado em Araras
Redação PI24h Redação PI24h

O cantor sertanejo João Vitor Malachias, 40, foi preso na noite deste domingo, dia 08, suspeito de matar a dentista Bruna Angleri, 40, no município de Araras, no interior de São Paulo. A prisão aconteceu em Ribeirão Preto.

Segundo a investigação, Bruna foi violentamente agredida e teve o corpo parcialmente carbonizado dentro da sua casa em um condomínio de alto padrão em Araras.

João Vitor foi preso em um posto de combustível entre Ribeirão Preto e Cravinhos, quando tentava fugir para Goiás. Ele foi levado para a Central de Polícia Judiciária de Ribeirão Preto.

De acordo com o delegado Tabajara Zuliani dos Santos, o cantor disse em uma rede social que iria se entregar, mas foi preso por policiais da Polícia Civil de Araras com apoio do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) de Ribeirão Preto.

Cantor preso pela Polícia Civil de São Paulo. Foto: Divulgação

Crime

O corpo da dentista Bruna Angleri foi encontrado carbonizado em uma casa no Portal das Laranjeiras, no Distrito Industrial em Araras. Ela estava deitada sobre a cama, que estava em chamas. Não havia outras pessoas no imóvel e não foram encontrados a bolsa e o celular de Bruna.

Compartilhar
Siga:
Criado em 2019, o pi24h é um portal de notícias com sede em Teresina que tem o compromisso de atualização 24h por dia com qualidade e relevância social com notícias do Piauí, Teresina, Brasil e Mundo.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias