Mulher morre 10 dias após se queimar ao fritar ovo em SP

Elisângela Oliveira morreu durante internação no hospital de Limeira
Redação PI24h Redação PI24h
  • Mulher ficou 10 dias no setor de queimados do hospital em Limeira
  • Ela se queimou ao fritar um ovo dentro de casa em Rio Claro
  • Mulher pôs ovo com água no óleo quente e provocou explosão em SP

Uma mulher identificada como Elisângela Oliveira de Jesus, 33, morreu nesta segunda-feira, dia 26, após ficar 10 dias internada na Unidade de Tratamento de Queimados da Santa Casa de Misericórdia de Limeira, no interior de São Paulo.

Elisângela Oliveira sofreu queimaduras graves enquanto fritava um ovo em sua casa em Rio Claro, também no interior de São Paulo. O caso aconteceu no dia 16 de fevereiro de 2023.

A mulher colocou a frigideira com óleo para esquentar no fogão e quebrou um ovo em um copo para ver se o alimento não estava estragado. No copo tinha água, e a mulher não percebeu.

Ao colocar o ovo com água na frigideira com óleo, as chamas subiram e queimaram Elisângela. A reação entre a água e o óleo quente causou uma explosão que atingiu a mulher.

Elisângela sofreu queimaduras no rosto e na camiseta e sutiã. Ela foi levada para a Santa Casa de Rio Claro e depois transferida para o Hospital de Limeira.

Ela passaria por uma cirurgia nesta segunda, mas sofreu uma parada cardiorrespiratória e morreu. o corpo foi sepultado no Cemitério de Itirapina.

Compartilhar
Siga:
Criado em 2019, o pi24h é um portal de notícias com sede em Teresina que tem o compromisso de atualização 24h por dia com qualidade e relevância social com notícias do Piauí, Teresina, Brasil e Mundo.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias