Importunação

Esposa mata policial com a arma dele durante briga em Tocantins

Pedro Aparecido foi morto a tiros pela esposa dentro de casa em Tocantins
Redação PI24h Redação PI24h
  • O corpo do sargento foi encontrado no quarto do casal no Tocantins
  • Mulher disse que atirou no marido para se defender em Dianópolis
  • A mulher foi autuada por homicídio na delegacia de Dianópolis

O sargento Pedro Aparecido dos Santos, 46, da Polícia Militar do Tocantins, foi morto a tiros pela esposa, com a própria arma, durante uma briga na residência da família em Dianópolis, no Tocantins.

A Polícia Militar foi acionada por vizinhos – o corpo do sargento foi encontrado no quarto do casal. A esposa estava na casa e foi presa em flagrantes em Tocantins.

A esposa chegou a dizer que após uma discussão pegou a arma de fogo e atirou contra o marido e que depois de atingi-lo saiu desesperada à procura de ajuda. O caso aconteceu na noite do último sábado, dia 13.

A mulher foi encaminhada à 14ª Central de Atendimento da Polícia Civil. Ela disse ao delegado que atirou no marido para se defender, pois os dois discutiam no momento do ocorrido. A mulher foi autuada por homicídio. O corpo do sargento foi sepultado na Bahia.

Pedro Aparecido dos Santos é natural de São Desiderio, Bahia e trabalhava há 18 anos na Polícia Militar do Tocantins.

Compartilhar
Siga:
Criado em 2019, o pi24h é um portal de notícias com sede em Teresina que tem o compromisso de atualização 24h por dia com qualidade e relevância social com notícias do Piauí, Teresina, Brasil e Mundo.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Mais Notícias